quinta-feira, 15 de julho de 2010

Dor

Sentir um vazio por dentro é uma sensação ruim, é como se alguém depositasse uma coisa boa dentro de você e depois, arrancasse com as próprias mãos, sem anestesia, causando assim, dores que só quem sente sabe reconhecer. Muitos dizem que passar por dor, sofrimento é um processo para a aprendizagem, pois você precisa passar por isso, o que eu não entendo é, passamos por isso, mas quais ferramentas usar para que a dor diminua? Não sei responder ao certo, pois neste momento, estou buscando respostas para apaziguar minha dor...uma dor que me faz sair de onde estou, uma dor que me leva em um lugar vazio, uma dor que me faz chorar. Estou analisando tudo o que posso aprender com isso, e juro que estou tentando enxergar o lado bom, mas o que sinto é ruim, e isso, piora quase tudo. Falar de sensações é meio constrangedor, ninguém sente o mesmo sentimento na mesma intensidade, eu achei que não iria sentir o que eu sinto, mas sinto e como sinto. É uma mistura que me pega desprevenida, é aquela dor na boca do estômago, choro preso? Talvez... mas acho que é um vazio, só que ouvi dizer que ninguém completa ninguém, que as pessoas aparecem em nossa vida trazendo uma cor, mas será que é só uma cor que elas trazem mesmo? E quando a pessoa faz você sentir o que antes nunca sentiu? E quando essa mesma pessoa te leva aos delírios sem ao menos saber? E quando essa pessoa não sai da sua cabeça? Ainda acha que as pessoas aparecem somente para trazer uma cor? Enfim ... pode até ser, mas sempre alguém aparece para pintar o que estava em branco, e quando essa pessoa some, parece que a cor vai junto, e o nosso defeito é deixar isso acontecer, por quê? Veja bem, se alguém aparece na sua vida de uma hora pra outra é pra te mostrar algo, é pra te deixar algo, ou até mesmo para te arrancar algo, você deve aceitar o que de bom ela te trouxe, e se ela foi embora, fique com a “coisa boa”, não deixe que ela leve a sua auto-estima, os seus sonhos, não deixe que ela leve a sua vida. Muitos não entendem o real sentido da palavra dor, mas para entender basta sentir, pois é sentindo que você percebe o quão a pessoa significa em sua vida. Às vezes pode demorar muito para você sentir uma dor, mas às vezes pode ser mais rápido do que você esperava. Quando a dor chega, ela traz consigo a tristeza, a solidão, a angústia, o sofrimento, a decepção, perceba quantas coisas ruins a dor carrega, portanto, ao sentir dor não é só dor que você sente, é tudo junto, é tudo de uma intensidade forte, por isso que dor é dor. Dor de dente dói somente os dentes, dor da perda, dói o coração, a cabeça, a alma ... e o único alívio é ter aquela pessoa da forma que você deseja, ou, esperar, esperar e esperar. Todos levarão em suas bagagens uma história, às vezes linda, trágica ou até mesmo triste, mas cada um tem consigo algo que considera “valioso”... tranque lá no fundo do seu inconsciente aquilo que de alguma maneira te machucou, porque esquecer é impossível, você não consegue esquecer, mas consegue amenizar. Por isso que eu acredito que nós somos os causadores da maior e intensa dor, pois deixamos crescer isso dentro do nosso interior, e pra quê? Para chegar em casa, deitar no colchão e chorar? Para pensar que poderia ter dado certo? Para voltar aquele fato e tentar fazer diferente? Nada mais adianta quando uma coisa já aconteceu, devemos respeitar nossos fracassos e aceitá-los, ou melhor, entendê-los. Viver de passado é ser fraco em uma correnteza, você quer melhoras? Então melhore, você é capaz, sabe disso mais do que ninguém. Neste momento você está triste, calado, impaciente, ansioso, mas amanhã você pode e deve ficar muito melhor. Parece fácil seguir tudo isso que está escrito, mas sei o quanto é difícil, pois por mais que você fuja sempre voltará lá, não tem jeito, sempre olhará para trás. Só que um esforço é válido e o que queremos alcançamos, basta ter fé. Eu escrevo essas linhas para tirar um pouco do que eu sinto dentro de mim, e se for como dizem, eu preciso sentir isso para amadurecer, para não ser tão inocente em devidos momentos. A dor não vai diminuir escrevendo, mais vai sendo analisada com outros olhos, até sumir...e sei que some, porque não guardo aquilo que não me faz bem. E você que lê isso agora, já olhou para seu interior hoje? Já se perguntou quais sentimentos está carregando com você neste momento? Já sabe os motivos pelos quais sente dor? Medo? raiva? Se sabe, por quê ainda sente isso? Se olhe por dentro, permita-se sentir todos os sentimentos, no final descobrirá que cada um é um ponto de luz que cresce dentro de você, e na verdade, nenhum é tão ruim assim, o ruim somos nós que deixamos crescer coisas que talvez nem existam. Agora, termino de falar sobre isso, pois a vida continua e os sonhos continuam, também. E eu... Ah, eu não vou ficar estacionada sendo que meu carro é potente e eu consigo ir muito mais além do que eu possa imaginar.

.... Deixo aqui a minha dor, e levo daqui, a minha fé.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Pensamento do dia

"Vou fechar meus olhos e conversar com meu coração, eu percebo que ele é muito forte e ao mesmo tempo muito fraco, percebo que a cada pulsar há uma esperança daquilo que eu desejo, percebo também que ... em cada pulsar ... há uma ilusão em tudo aquilo que eu acredito".